Home Voltar Atualizar
Plantão / Notícias

[EXCLUSIVO] São Paulo gasta R$ 750 mil com jogadores emprestados

Contrato de Fabrício com o Tricolor termina agora e ele deixará de custar R$ 150 mil mensais

Juvenal Juvêncio deixou o poder em abril, mas o São Paulo continua gastando alto com contratações feitas pelo ex-presidente e por seu diretor de futebol Adalberto Baptista. Gastamos R$ 750 mil por mês com jogadores emprestados, reclama o vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro.

Nem Rogério Ceni, dono do maior salário do elenco tricolor, custa tanto por mês. O goleiro e capitão embolsa R$ 700 mil mensais, seguido de Luís Fabiano com R$ 600 mil e Alexandre Pato e Kaká com R$ 500 mil - Kaká ainda ganhava R$ 1 milhão do Orlando City, seu próximo clube.

Os R$ 750 mil jogados fora a cada 30 dias é resultado dos salários de vários atletas: o volante Fabrício (que esteve emprestado ao Vasco), o meia Cañete (ao Náutico), os laterais Thiago Carleto (ao Avaí) e Lucas Farias (ao Boa Esporte)...

A relação é enorme. Herdamos essa situação. É por isso que eu sempre digo: só contrato jogador que chegue para ser titular. Se for mais ou menos, prefiro apostar na base, explica Ataíde Gil Guerreiro, que fechou recentemente com Bruno e Carlinhos, do Fluminense, e Thiago Mendes, do Goiás.

O lateral-esquerdo Bruno Cortez, os zagueiros João Filipe e Luiz Eduardo e o meia Pedrinho são outros jogadores que nem estiveram no Morumbi em boa parte de 2014 e ajudaram na conta dos R$ 750 mil mensais.

A intenção da atual diretoria também é se livrar de uma outra lista extensa de atletas encostados no clube. Nela, estão o lateral-esquerdo Clemente Rodriguez, o volante Zé Vitor, o meia Mirrai, entre outros que treinam à parte no CT de Cotia.
Avalie esta notícia:   (0%) (100%)
Poste no facebook esta notícia Poste no myspace esta notícia Publique no orkut esta notícia
Enviar para um amigo
Postagem: Jorge Nicola   
Data: 26/12/2014 - 15:06

Visualizada: 0 vezes
Fonte: SPFC.Net

comentário(s)